A Homossexualidade e a Bíblia: Uma Nova Abordagem

A Homossexualidade e a Bíblia: Uma Nova Abordagem

A HOMOSSEXUALIDADE E A BÍBLIA

Uma Nova Abordagem 

Na Bíblia, existem "detalhes", os quais parecem que são pouco comentados, mas que fazem uma GRANDE diferença, quando o assunto é a "homossexualidade"! Eu imagino que, SE nós heterossexuais olharmos para dentro de nós mesmos, PELO AVESSO, refletindo sobre esses detalhes, imagino que a nossa PERCEPÇÃO sobre a homossexualidade e sobre nós mesmos será bem diferente! Dependendo do ponto de vista (referencial), essa abordagem pode até ser antiga pois historicamente, alguém já deve tê-la feito , MAS parece ser nova pois, de forma geral, não se vê as pessoas abordarem esse assunto, conforme mostrado neste estudo! 

 

Oi, leitores! Como esse tema é MUITO conflitante, eu proponho abordá-lo, da seguinte forma:

(a) NÃO vamos discutir FÉ, mas APENAS o conteúdo do texto bíblico;

(b) Fundamente o seu argumento, citando a referência bibliográfica;

(c) Brincadeiras, insultos, xingamentos e ameaças são INACEITÁVEIS.  

 

TER DESEJO HOMOSSEXUAL É UMA ESCOLHA (OPÇÃO)?

1. Na Bíblia, NÃO existe NENHUMA passagem que diga que o DESEJO homossexual seja uma ESCOLHA/OPÇÃO da pessoa. 

Por meio de OBSERVAÇÃO, a minha percepção é que, de forma geral, o DESEJO homossexual NÃO é uma ESCOLHA (OPÇÃO) da pessoa, isto é, eu NÃO consigo imaginar que um HETEROSSEXUAL, em algum momento da vida, tenha ESCOLHIDO (OPTADO) ter "APENAS" o DESEJO homossexual! Qual é a sua percepção sobre isso? O que a ciência diz sobre isso?

Há quem diga que, em Romanos 1:21-27, mostra que o DESEJO homossexual seja ESCOLHA, mas essa passagem NÃO diz isso; essa passagem mostra que é por causa do DESEJO que a pessoa vai à PRÁTICA – algo óbvio  (Romanos 1:26) e mostra que é a PRÁTICA que é uma ESCOLHA – algo óbvio  (Romanos 1:26,27). Note que essa passagem NÃO diz que eles trocaram de DESEJO, mas sim de PRÁTICA (Romanos 1:26,27) e, por isso, eu me pergunto o seguinte: POR QUE tais pessoas de Roma TROCARAM de PRÁTICA sexual: (a) eram Homossexuais casados (digo, com alguém do sexo oposto), porém, obviamente, sendo um casamento de fachada, uma mentira, uma hipocrisia, uma vez que um homossexual NÃO tem DESEJO pelo sexo oposto, ou (b) eram Heterossexuais (gostavam APENAS do sexo oposto), mas que, em algum momento da vida, MUDARAM de DESEJO (eu não consigo acreditar que isso exista), ou (c) eram Bissexuais (alguém que tem DESEJO tanto pelo sexo oposto quanto pelo mesmo sexo)? Quanto a essa passagem (Romanos 1:21-27), me parece, se refere à BIssexualidade!

Há quem diga que existem HETEROssexuais que "escolhem (optam)" ter alguma "experiência" homossexual! SE esse caso existe, seria a "bissexualidade", ou não necessariamente? A Bíblia NÃO dá detalhes sobre isso! Qual a sua percepção sobre isso? O que a ciência diz sobre isso?

Quanto à PRÁTICA – NÃO o DESEJO , me parece ÓBVIO que, de forma geral, todos têm a capacidade de ESCOLHER (OPTAR) em fazer sexo ou NÃO (embora deva ser difícil), com quem queira (com consentimento, obviamente).

 

O DESEJO HOMOSSEXUAL É UMA DOENÇA?

2. Na Bíblia, NÃO existe NENHUMA passagem que diga que a homossexualidade seja "doença"! O que a ciência diz sobre isso?   

 

O DESEJO HOMOSSEXUAL É POSSESSÃO DEMONÍACA? 

3. Na Bíblia, NÃO existe NENHUMA passagem que diga que a homossexualidade seja "possessão demoníaca"! 

 

O DESEJO HOMOSSEXUAL É DE NASCENÇA?

4. Na Bíblia, NÃO há NENHUMA passagem explícita sobre isso! O que a ciência diz sobre isso?

Há quem diga que o DESEJO homossexual NÃO é de nascença, alegando que "não" existe gene homossexual, MAS devemos nos lembrar de que existem características que são de nascença, mas que "não" são genéticas, ou seja, nem tudo que é de nascença é genético.

Eu, por meio de OBSERVAÇÃO, vejo criancinhas com jeito homossexual e, com isso, eu tenho uma forte impressão de que, "nesses casos", tal desejo homossexual seja de nascença, mesmo que não seja genético! A Bíblia NÃO dá detalhes! O que a ciência diz sobre isso?

5. Resumindo, há quem diga que a homossexualidade pode ocorrer:

(a) Por nascença, mesmo "não" sendo genético;

(b) Por trauma, por exemplo, quando um menino que desde a infância tivesse sido abusado  caso muito triste  ou uma mulher que sempre teve namorados brutos, violentos  caso também muito triste –; SE tais casos, de fato, existem, conclui-se que NÃO são questão de ESCOLHA (opção); A Bíblia NÃO fala sobre isso! O que a ciência diz sobre isso?

(c) Há quem diga que existem HETEROssexuais que "escolhem" ter "experiências" homossexuais! Esse caso existe? SE sim, esse caso seria a "BISSEXUALIDADE"? Ou não, necessariamente? E SE, de fato, existe, seria um desejo de fácil controle? A Bíblia NÃO fala sobre isso! O que a ciência diz sobre isso? 

(d) Observa-se também que há pessoas com "jeito" homossexual, mas que, de fato, NÃO têm NENHUM desejo "homossexual", MAS que têm "apenas" o desejo heterossexual! Observa-se também o OPOSTO, isto é, pessoas com "jeito" heterossexual, mas que, de fato, NÃO têm NENHUM desejo "heterossexual", MAS que têm "apenas" o desejo homossexual! A Bíblia não fala sobre isso! Qual a sua percepção sobre isso? O que a ciência diz sobre isso?

6. Há quem diga que o comportamento homossexual pode, "até certo ponto", influenciar, a ponto de ser assimilado e aprendido, fazendo com que heterossexuais passem a se comportarem de forma um tanto homossexual! A Bíblia NÃO fala sobre isso! Qual a sua percepção sobre isso? O que a ciência diz sobre isso?

***SE essa VARIAÇÃO, de fato, existe, ou seja, SE, de fato, existem alguns TIPOS de homossexualidade, então poderíamos pensar sobre "que tipo" de homossexualidade a Bíblia se refere! A todos os tipos, ou não necessariamente? A Bíblia não traz nenhum detalhe sobre isso, MAS é algo a refletir! O que a ciência diz sobre isso?

 

HÁ VÁRIOS TIPOS DE PECADO?

O DESEJO HOMOSSEXUAL É PECADO?

7. Como sabemos, no mundo existem VÁRIAS CRENÇAS e filosofias; na crença baseada "somente" na Bíblia, tanto a prática quanto o desejo homossexual (masculino e feminino) são considerados como pecado (ROMANOS 1:24-26), MAS a Bíblia também mostra que TODOS nós (100%) somos pecadores (1João 1:8-10 - Romanos 3:23-26)!

8. Há quem diga que, no Novo Testamento, "não" existe mais pecado, pois é dito que o Cordeiro (Jesus) tira o pecado do mundo (João 1:29)(Daniel 9:24), aniquilando o pecado (Hebreus 9:26), MAS o apóstolo Paulo fala sobre o fato de nós ainda PECARMOS (1Coríntios 8:12 – 1Coríntios 15:34 – 1Coríntios 6:18 – Efésios 4:26 – Romanos 6:15) e o apóstolo João diz, explicitamente, que TODOS nós (100%) somos PECADORES (1João 1:8-10). O que dizer diante disso?

9. Entende-se que o fato de Jesus "tirar" o pecado do mundo, aniquilando-o, NÃO significa que Jesus "impede" que o pecado "exista", mas sim significa que o pecado "continua" existindo, isto é, nós "filhos de Deus", neste corpo corruptível, continuamos pecando, MAS Jesus Cristo, por causa de seu sacrifício na cruz, continua "tirando" tais pecados, aniquilando-os, continuamente, isto é, tais pecados ainda existem, MAS Deus não os leva mais em consideração, "juridicamente/legalmente" falando!

10. Para quem entende que no Novo Testamento "não" existe mais pecado, RESPONDA: O que seriam então (a) a MENTIRA, (b) o ROUBO, (c) o ASSASSINATO, (d) o ADULTÉRIO, (e) a ARROGÂNCIA, (f) a GANÂNCIA, (g) o EGOÍSMO, (h) a INVEJA, etc? Você conhece algum "filho de Deus", nesta vida em corpo corruptível que "não" cometa mais pecado? Resposta: Obviamente, todos os "filhos de Deus", nesta vida, em corpo corruptível, ainda cometem pecados!

***Primeiramente, é importante OBSERVAR que, segundo a Bíblia, existem "categorias" de pecados"! Esse detalhe é muito importante!

(a) pecados maiores/grandes X pecados menores/pequenos;

(b) pecados altivos (provocativos) X pecados não altivos (não provocativos);

(d) pecados voluntários X pecados involuntários;

(e) pecados fora do corpo X pecados no corpo. 

 

PECADO MAIOR, PECADO GRANDE 

11. Veja que, segundo a Bíblia, existe pecado maior do que outro (João 19:11 - Ezequiel 16:52), existem pecados "grandes" (Êxodo 32:30 - 1Samuel 2:17 - Lamentações 1:8 - Amós 5:12); mas a Bíblia NÃO especifica quais pecados são maiores e quais são menores!

12. SE existe "pecado maior/grande", de forma indireta, entende-se que existe o "pecado menor/pequeno"! Embora, na Bíblia, NÃO exista NENHUMA passagem "explícita" explicando o que seria um pecado maior/grande, reflita o seguinte:

13. Observe que (a) as parteiras das hebreias “mentiram”, a fim de “salvar” a vida dos bebês (Êxodo 1:15-21), (b) Raabe “mentiu”, a fim de “salvar” a vida dos espiões israelitas (Josué 2:1-6) e (c) Abraão “mentiu”, a fim de “se proteger” (Gênesis 12:11-15 – Gênesis 20:2); agora, observe que (d) há "mestres" que "mentem", a fim de tirar proveito dos fieis (2Pedro 2:3). 

Parece-me que a "mentira" utilizada para "salvar/proteger" são "pecados menores/pequenos", enquanto que a "mentira", a fim de tirar proveito dos outros, seria um "pecado maior/grande"! Qual o seu entendimento sobre isso?

14. Observe mais alguns exemplos e reflita:

(1) Imagine o seguinte: (a) alguém que roubou, por exemplo, um pão ou uma laranja, a fim de matar a fome; (b) alguém que roubou pelo fato de ser cleptomaníaco; (c) alguém que roubou, por maldade, para exibir ostentação! Os três casos são “roubo”, mas seriam do "mesmo" tamanho? Eu entendo que não!

(2) Imagine o seguinte: (a) alguém mente ao telefone, não porque deseje isso, mas sim porque o chefe manda, ou seja, a pessoa mente sob pressão, a fim de não perder o emprego, do qual necessita; (b) alguém mente, de livre vontade, para esconder alguma falcatrua, ou para tirar vantagem! Os dois casos são “mentira”, mas seriam do "mesmo" tamanho? Eu entendo que não!

15. Considerando que existam "tipos" de homossexualidade e que, de forma geral, NINGUÉM "escolhe (opta)" ser homossexual, COMO esse "tipo" de homossexualidade seria melhor classificado? Eu entendo que, "nesse caso", seria melhor classificado como "pecado menor/pequeno"! Qual a sua percepção sobre isso?

 

PECADO ALTIVO (PROVOCATIVO) 

16. Observe esta passagem: “a alma que pecar, com mão altiva ("BE-YAD RAMAH"), ... ...será eliminada (Números 15:30)”. Entende-se que pecar "com mão altiva" tem o sentido de pecar, "de forma altiva (arrogante)", ou, pecar "de forma desafiadora/provocativa";

17. MAS o que seria um pecado "com mão altiva", isto é, "pecado altivo/arrogante (pecado desafiador/provocativo)? Seria (a) seria pecar, mesmo sabendo que é pecado, ou (b) seria pecar mesmo sabendo que é pecado  porém feito, de forma altiva (arrogante), para desafiar/provocar? (Números 15:30) 

18. SE fosse pecar, mesmo sabendo que é pecado, então TODOS os israelitas teriam que ser “ELIMINADOS”! Por isso, entende-se que seja pecar mesmo sabendo que é pecado  porém feito, de forma altiva (arrogante), para desafiar/provocar.

19. SE existe "pecado altivo/arrogante (pecado provocativo)", de forma indireta, entende-se que existe "pecado NÃO altivo/arrogante (pecado NÃO provocativo). Considerando que a homossexualidade, de forma geral, NÃO seja com a finalidade de ser altivo/arrogante, de desafiar, provocar, com isso, entende-se – biblicamente falando  que seja melhor classificada como "pecado NÃO altivo/arrogante (pecado NÃO provocativo)".

 

PECADO VOLUNTÁRIO

20. Observe esta passagem: “Se voluntariamente pecarmos ("HEKOUSIOS AMARTANO" G1596/G264), após receber o conhecimento da verdade, não resta mais sacrifícios para os pecados (Hebreus 10:26)”. 

MAS o que seria “pecar voluntariamente”: (a) seria pecar, mesmo sabendo que é pecado, ou (b) seria pecar, mesmo com boa possibilidade de refreá-lo? (Hebreus 10:26)”. 

21. SE fosse pecar, mesmo sabendo que é pecado, então, para todos nós, NÃO haveria mais sacrifício para nossos pecados! Por isso, entende-se que seja pecar, mesmo com boa possibilidade de refreá-lo.

22. Embora a passagem NÃO explique, de forma explícita, o que seria um "pecado voluntário", pelo próprio termo (pecado voluntário), entende-se que se trata de pecados que, embora a pessoa tenha condições de controlar, a pessoa, mesmo assim, escolhe praticar! Fazendo uma COMPARAÇÃO, é como se fosse um "movimento voluntário" de braços, de pernas, de mãos, etc, os quais nós escolhemos movimentar, mesmo tendo um bom controle de "não" movimentá-los;

23. SE existe "pecado voluntário", de forma indireta, entende-se que existe o "pecado involuntário"! Quanto ao pecado INVOLUNTÁRIO, entende-se que seriam aqueles pecados que a pessoa "não" tem condições nenhuma ou quase nenhuma de controlar! Seria como "movimentos involuntários" de braços, de pernas, de mãos, etc, os quais uma pessoa doente pode ter, porém sem condições de controlar!

Dizer que o "pecado voluntário" seja "praticar um pecado, mesmo depois de saber que tal ato seja pecado" NÃO faz sentido, pois, se fosse assim, todos nós estaríamos praticando "pecados voluntários", todos os dias, e não é essa a ideia da passagem de Hebreus 10:26.  

24. Considerando que a "homossexualidade", de forma bem geral, NÃO seja uma ESCOLHA (OPÇÃO), com isso, entende-se – biblicamente falando  que seja melhor classificada como "pecado involuntário".

Eu digo "de forma bem geral", porque há quem diga que existem HETEROssexuais que "escolhem (optam)" ter alguma "experiência" homossexual! SE esse caso, de fato, existe, será que tais pessoas teriam um bom controle de tal desejo? SE sim, então, esse tipo de homossexualidade poderia ser classificada como "pecado voluntário"!

 

PECADO FORA DO CORPO, PECADO NO CORPO

25. A passagem, em 1Coríntios 6:18, fala sobre "pecado fora do corpo" e "pecado no corpo"  "Fujam do PECADO SEXUAL (“PORNEIA” H4202)! TODO pecado que o homem praticar é FORA do corpo, mas o que PECA SEXUALMENTE (“PORNEUO” G4203), no PRÓPRIO CORPO peca (1CORÍNTIOS 6:18)"  e, nessa passagem "em si", NÃO há NENHUMA explicação "explícita" que defina o que seriam tais pecados, MAS, pode-se entender que o "pecado fora do corpo" sejam pecados que envolvem os outros (sem consentimento); entende-se que o "pecado no corpo" sejam pecados que envolvem a si próprio, ou que envolvem outra(s) pessoa(s), (com consentimento) (1Coríntios 6:16).

26. O intrigante dessa passagem é que, quando pensamos no caso de “estupro” e de “suicídio”, NÃO conseguimos enquadrá-los direito nessas duas categorias! 

(a) O estupro se enquadra tanto como “fora do corpo”, por envolver outra pessoa (sem consentimento) quanto “no corpo”, por envolver a si próprio;

(b) O suicídio – caso mais difícil – obviamente é no corpo, isto é, envolve a si mesmo, MAS não é um “pecado sexual”! Será que o apóstolo Paulo “não” pensou nesse caso! Ou será que o suicídio “não” é pecado, embora pareça que seja?

27. Considerando que a homossexualidade NÃO envolve a NINGUÉM (sem consentimento), mas apenas a si mesmo e/ou a outra pessoa (por consentimento), com isso, entende-se – biblicamente falando – que seja melhor classificada como "pecado no corpo";

 

O ADULTÉRIO É UM PECADO SOMENTE DE HETEROSSEXUAIS

28. Curiosamente, ASSIM como é "impossível" que um HETEROssexual tenha desejo ou alguma prática homossexual, TAMBÉM é "impossível"  biblicamente falando  que um HOMOssexual cometa ADULTÉRIO, seja corporal ou em pensamento. Veja isso adiante.

 

CONTRASTE ENTRE DUAS REALIDADES:

DEVEMOS SER PERFEITOS, MAS NINGUÉM É!

29. Embora a Bíblia diga que devamos ser perfeitos (100%) (1Pedro 1:15,16 - Efésios 5:27) e que NÃO devemos mais pecar (Efésios 4:28 - Colossenses 3:7)(João 8:4-7), a Bíblia também diz que NINGUÉM é 100%, pois TODOS nós somos pecadores (1João 1:8-10 - Romanos 3:23-26). Para quem crê na Bíblia, deve conviver com essas "duas realidades"! Esse é o CONTRASTE entre o que a Bíblia diz que deveremos ser e o que a Bíblia diz que na verdade somos!

30. Uma COMPARAÇÃO para "tentar" entender esse CONTRASTE entre essas duas realidades bíblicas seria o seguinte: Imagine que você contrate um serviço de uma empresa! Obviamente, você vai querer que a empresa execute o serviço com perfeição, ou, ao menos, com "quase" perfeição! Mas, na verdade, sabemos que "não" existe "perfeição" na prestação de serviços! Até os serviços que são prestados com "altíssima qualidade" – coisa rara, penso eu –, mesmo assim, "não" chegam a ser "perfeitos"! SE algum profissional disser que é "perfeito", profissionalmente falando, EU "não" acredito! Para mim isso seria ingenuidade e/ou presunção! Qual o seu entendimento sobre isso?

REFLEXÃO: Para quem se considera "filho de Deus" (eu me incluo), RESPONDA: Quantas vezes você peca por ano, por semestre, por mês, por semana, por dia, por hora? Você não consegue ser perfeito?

 

31. Falando sobre a passagem em ROMANOS 1:24-26 – a qual fala sobre a homossexualidade masculina e feminina –, devemos considerar que, nessa "mesma" passagem, também fala-se sobre outras práticas, tais como:

(a) INJUSTIÇA/INIQUIDADE (Romanos 1:29);

(b) AVAREZA (Romanos 1:29);

(c) MALDADE (Romanos 1:29);

(d) INVEJA (Romanos 1:29);

(e) ASSASSINATO (Romanos 1:29);

(f) MURMURAR/INTRIGA (exemplo: FOFOCA) (Romanos 1:29,30);

(g) MENTIRA/ENGANO/DIFAMAÇÃO (Romanos 1:29,30);

(h) SOBERBA/PRESUNÇÃO (Romanos 1:30);

(i) FALCATRUA COMERCIAL (Romanos 1:31);

(j) FALTA DE MISERICÓRDIA (Romanos 1:31).

 

32. Para quem se considera "filho de Deus" (eu me incluo), RESPONDA:

(a) Você NUNCA comete injustiça, avareza, maldade? Você NUNCA sente inveja?

(b) Você NUNCA mata as pessoas "com palavras"? Você NUNCA faz intrigas (por exemplo, nunca fofoca)?

(c) Você NUNCA mente, NUNCA fica soberbo, NUNCA fez falcatrua comercial?

(d) Você é MISERICORDIOSO?

***Você não consegue ser perfeito?

 

O PECADO É DE NASCENÇA?

33. RELEMBRO que o objetivo desse diálogo NÃO é fazer com que o leitor CREIA na Bíblia, mas sim apenas MOSTRAR o que a Bíblia diz sobre o assunto. A questão da crença é pessoal!

Biblicamente, entende-se que (a) nós "não" somos pecadores porque pecamos, mas sim (b) pecamos porque somos pecadores, isto é, somos pecadores por natureza, não por ações, pois a Bíblia diz que por meio de um só homem é que entrou o pecado no mundo e TODOS pecaram (Romanos 5:12 - Gênesis 8:21). Com isso, entende-se que a "natureza pecaminosa" seja de nascença, não os pecados "em si", pois um pecado sempre precisa de um pecador para se realizar!

34. Certamente, há OUTRAS CRENÇAS ou filosofias - não baseadas na Bíblia - que NÃO consideram a homossexualidade como "pecado", ou que NEM tenham esse conceito de "pecado"!

  

A QUESTÃO DA “ABOMINAÇÃO”

35. Quando se fala sobre ABOMINAÇÃO (hebraico: "TOEBAH" H8441), é importante REFLETIR sobre a MENTIRA e sobre o ADULTÉRIO, pois a Bíblia diz que a MENTIRA é uma “abominação” (Provérbios 12:22), diz que os MENTIROSOS “não” entrarão na Nova Jerusalém (Apocalipse 21:27 – Apocalipse 22:14,15) e diz que os MENTIROSOS vão para o “lago de fogo” (Apocalipse 21:8); e também diz que o ADULTÉRIO é uma "abominação" (Jeremias 7:9,10) e diz que os ADÚLTEROS "não" entrarão no Reino de Deus (1Coríntios 6:9) e Jesus disse que o ADULTÉRIO pode ocorrer até em pensamento (Mateus 5:27,28)!

36. Quanto à questão da MENTIRA, veja que (a) as parteiras das hebreias “mentiram”, a fim de “salvar” a vida dos bebês (Êxodo 1:15-21), (b) Raabe “mentiu”, a fim de “salvar” a vida dos espiões israelitas (Josué 2:1-6) e (c) Abraão “mentiu”, a fim de “se proteger” (Gênesis 12:11-15 – Gênesis 20:2).

37. SERÁ que tais MENTIRAS também são consideradas como ABOMINAÇÃO, as quais nos impedem de entrar na Nova Jerusalém e nos conduzem ao “lago de fogo”? Conforme comentado anteriormente, me parece que tais mentiras, com a finalidade de "salvar/proteger", ficam melhor classificadas como "pecados menores/pequenos"! Qual é o seu entendimento sobre isso?

38. Quanto à questão do ADULTÉRIO, veja o seguinte: quanto à passagem que diz que a PRÁTICA (não o desejo) homossexual masculina (não feminina) é uma "abominação" (Levítico 18:22), o curioso é que, ASSIM como é "impossível" que um HETEROssexual tenha desejo ou alguma prática homossexual, TAMBÉM é "impossível"  biblicamente falando  que um HOMOssexual cometa a "abominação" do ADULTÉRIO, seja corporal ou em pensamento. Lembrando que o ADULTÉRIO é uma ABOMINAÇÃO (Jeremias 7:9,10). Veja isso adiante. 

A HOMOSSEXUALIDADE É O PIOR DOS PECADOS?

39. Na Bíblia, NÃO existe NENHUMA passagem que diga que a homossexualidade seja o pior dos pecados.

Considerando que, de fato, exista mais do que um tipo de homossexualidade, quanto à passagem que diz que a PRÁTICA (não o desejo) homossexual masculina (não feminina) é uma "abominação" (Levítico 18:22), (a) SERÁ que se refere a TODO "tipo" de homossexualidade, seja involuntário ou voluntário? (b) Ou será que se refere "apenas" ao ATO homossexual "voluntário", isto é, quando se tem boa condição, ou, ao menos, uma razoável condição de refreá-lo? A Bíblia em si NÃO dá detalhes! MAS, considerando que, de forma geral, o "DESEJO" homossexual NÃO é uma ESCOLHA (opção) da pessoa, é importante refletirmos!  

 

A QUESTÃO DA HIPOCRISIA

PECADOS VISÍVEIS X PECADOS CAMUFLADOS

40. A Bíblia fala sobre pessoas que APARENTAM serem "pouco" pecadoras, mas que, por dentro, são podres (Mateus 23:27,28 - Mateus 15:7-9 - Marcos 7:6,7 - Isaías 29:13); Jesus criticava muito a HIPOCRISIA (Mateus 23:23-33)! Reflita!

41. SEM DISCUTIR FÉ, mas APENAS o conteúdo do texto bíblico, no NOVO Testamento, (a) Jesus disse que o ADULTÉRIO pode ocorrer até em pensamento (Mateus 5:27,28) e (b) Jesus disse que o ASSASSINATO ocorre até com "palavras que matam" (Mateus 5:21,22); no NOVO Testamento, a AVAREZA (amor ao dinheiro) é considerada como IDOLATRIA (Efésios 5:5). 

42. Curiosamente, outras práticas também são IGUALMENTE chamadas de "abominação"! O curioso é que dos pecados que o ANTIGO TESTAMENTO chama de "abominação", o que é mais perceptível visualmente é a HOMOSSEXUALIDADE! Os demais pecados que também são chamados de "abominação" são mais CAMUFLADOS, a saber:

(a) A MENTIRA é uma ABOMINAÇÃO (Provérbios 12:22)! Você às vezes mente? 

(b) A INTRIGA (exemplo: FOFOCA) é uma ABOMINAÇÃO (Provérbios 6:16-19)! Você às vezes fofoca? 

(c) A FALCATRUA CORMERCIAL é uma ABOMINAÇÃO (Provérbios 11:1 - Provérbios 20:10 - Provérbios 20:23 - Deuteronômio 25:13-16)! Você às vezes faz falcatrua comercial? 

(d) A ARROGÂNCIA, ALTIVEZ é uma ABOMINAÇÃO (Provérbios 16:5)! Você às vezes é arrogante, altivo? 

(e) O ASSASSINATO é uma ABOMINAÇÃO (Jeremias 7:9,10)! Você às vezes mata alguém com palavras? 

(f) A IDOLATRIA é uma ABOMINAÇÃO (Deuteronômio 7:25,26)! Você às vezes idolatra o dinheiro (Efésios 5:5)? 

(g) O ADULTÉRIO é uma ABOMINAÇÃO (Jeremias 7:9,10);! Você às vezes adultera em pensamento?

 

43. Reflita: Para quem se considera "filho de Deus", como eu  não por mérito, mas pela misericórdia divina –, RESPONDA: Imagine SE a cada vez que você cometesse uma "mentira", uma "fofoca", um "adultério em pensamento", uma "falcatrua comercial", uma "arrogância", um "assassinato com palavras" ou uma "avareza", aparecesse em sua testa um letreiro escrito ABOMINAÇÃO! Quantas vezes por ano, por ano, por mês, por semana, por dia esse letreiro apareceria em sua testa?  

 

QUEM DE NÓS CONSEGUE SE SALVAR?

A IMPORTÂNCIA DO PERDÃO E DA MISERICÓRDIA

44. No Novo Testamento existem listas de "pecados" e, em algumas dessas passagens, é dito que quem pratica tais pecados alistados, não entrará no Reino de Deus! Outras passagens dizem que determinados pecadores alistados "não" entrarão na Nova Jerusalém! Outras dizem que determinados pecadores irão para o fogo!

45. SE nós formos "honestos" com nós mesmos, vamos perceber que, SE depender de nós mesmos, NENHUM de nós conseguirá entrar no Reino de Deus, NENHUM de nós conseguirá entrar na Nova Jerusalém, NENHUM de nós conseguirá escapar do fogo! A única forma de alguém se salvar é dependendo do FAVOR (graça) de Deus (Romanos 5:20)! Veja isso mais adiante!  

 

QUEM DE NÓS CONSEGUIRÁ ENTRAR NO REINO DE DEUS?

46. O Novo Testamento fala sobre pessoas que “não” entrarão no Reino de Deus! Algo a refletir é que nessa lista estão (a) os injustos, (b) os gananciosos (avarentos), (c) os maldizentes (1Coríntios 6:9:11), (d) os que praticam inimizades, (e) os que têm inveja, (f) ódio, (g) cobiça (Gálatas 5:19-21) e (h) os que “não” ajudam os necessitados, mesmo tendo condições (Mateus 25:34-46)! 

47. Para quem se considera “filho de Deus” como eu – não por mérito, mas sim por misericórdia divina – RESPONDA: Quantas vezes, por ano, por semestre, por mês, por semana, por dia, você é (a) injusto, (b) ganancioso (avarento), (c) maldizente, (d) faz inimizade, (e) é invejoso, (f) sente ódio, (g) cobiça e (Gálatas 5:19-21) (h) “não” ajuda o necessitado, mesmo tendo condições? SE dependesse de nós, quem de nós conseguiria entrar no Reino de Deus? Ninguém, a não ser pelo FAVOR (graça) de Deus (Romanos 5:20)! Veja isso mais adiante! 

48. A lista completa sobre quem “não” entrará no Reino de Deus é esta: (a) os injustos, (b) os pecadores sexuais, (c) os idólatras (d) os adúlteros, (e) *os macios, (f) *os homens de cama, (g) os ladrões, (h) os gananciosos (avarentos), (i) os bêbados, (j) os maldizentes (1Coríntios 6:9-11), (k) os impuros (Efésios 5:5), (l) os que praticam a libertinagem (lascívia), (m) a feitiçaria, (n) a inimizade, (o) os que fazem brigas, (p) os que sentem inveja, (q) ódio (r) cobiça, (s) os que cometem a gula (Gálatas 5:19-21) e os que “não” ajudam o necessitado, tendo condições (Mateus 25:34-46). 

OS MACIOS E OS HOMENS DE CAMA  

49. Na passagem em CORÍNTIOS (1Coríntios 6:9,10), encontramos duas palavras gregas que tradicionalmente são traduzidas, referindo-se à homossexualidade, MAS há quem diga que "não" há como ter certeza do real significado dessas palavras! 

(a) "MALAKOS (G3120)": literalmente, significa "macio", mas, tradicionalmente, traduzido como "afeminado". A palavra "malakos" aparece apenas em 1Coríntios 6:9, em Mateus 11:8 e em Lucas 7:24-26. Em MATEUS e em LUCAS é dito que os reis vestem "MALAKOS" (roupas finas).

(b) "ARSENOKOITAI" (G733)": literalmente, significa "homem de cama", mas, tradicionalmente, traduzido como "sodomita", e, tradicionalmente, o termo "sodomita" é entendido como sendo a "homossexualidade"!

50. MAS o curioso é o seguinte: obviamente, os moradores de Sodoma eram pecadores, assim como toda a humanidade antiga e atual (100%) e, obviamente, havia todo tipo de pecado, assim como sempre houve! O curioso é que, quando a Bíblia fala sobre os pecados de Sodoma, a Bíblia ENFATIZA os seguintes pecados: (a) falta de amor ao próximo (Ezequiel 16:49), (b) adultério, (c) falsidade e (d) MALDADE (Jeremias 23:13,14)! A palavra "arsenokoitai" aparece apenas em 1Coríntios 6:9 e em 1Timóteo 1:10.

 

QUEM DE NÓS CONSEGUIRÁ ENTRAR NA NOVA JERUSALÉM?

51. O Novo Testamento fala sobre pessoas que “não” entrarão na Nova Jerusalém! Algo a refletir é que nessa lista estão os MENTIROSOS! A lista completa sobre quem “não” entrará na Nova Jerusalém é esta: (a) os cães, (b) os feiticeiros, (c) os pecadores sexuais, (d) os ASSASSINOS, (e) os IDÓLATRAS, (f) os MENTIROSOS (Apocalipse 22:14,15), (g) os que praticam a impureza e (h) a abominação (Apocalipse 21:27).

52. Para quem se considera "filho de Deus", como eu - não por mérito, mas sim por misericórdia divina – RESPONDA: Quantas vezes, por ano, por semestre, por mês, por semana, por dia, você comete algum (a)  pecado sexual ("adultério mental", por exemplo), (b) mata alguém "com palavras", (c) é avarento (idolatria ao dinheiro) e (d) mente? SE dependesse de nós, quem de nós conseguiria entrar na Nova Jerusalém? Ninguém, a não ser pelo FAVOR (graça) de Deus (Romanos 5:20)! Veja isso mais adiante! 

 

QUEM DE NÓS CONSEGUE ESCAPAR DO FOGO?

53. O Novo Testamento fala sobre pessoas que irão para o fogo! Algo a refletir é que nessa lista estão os MENTIROSOS e os que “não” ajudam os necessitados, mesmo tendo condições! 

54. A lista completa sobre quem irá para o fogo é esta: (a) os covardes, (b) os incrédulos, (c) os abomináveis, (d) os assassinos, (e) os pecadores sexuais, (f) os feiticeiros, (g) os idólatras, (h) os mentirosos (Apocalipse 21:8) e os que não ajudam aos necessitados, mesmo tendo condições (Mateus 25:34-46). 

55. Para quem se considera "filho de Deus", como eu – não por mérito, mas pela misericórdia divina –, RESPONDA: Imagine SE a cada vez que você (a) matasse alguém “com palavras”, (d) cometesse algum pecado sexual (um “adultério mental”, por exemplo), (c) fosse “avarento” (idolatria ao dinheiro), (d) mentisse e (e) “não” ajudasse ao necessitado, tendo condições de fazê-lo, aparecesse em sua testa um letreiro escrito NÃO ESCAPAREI DO FOGO! Quantas vezes, por ano, por semestre, por mês, por semana, por dia, esse letreiro apareceria em sua testa? SE dependesse de nós, quem de nós conseguiria escapar desse "fogo"? Ninguém, a não ser pelo FAVOR (graça) de Deus (Romanos 5:20)! Veja isso mais adiante! 

 

COMO PODERIA UM HOMOSSEXUAL DEIXAR DE TER O DESEJO HOMOSSEXUAL?

56. Considere esta COMPARAÇÃO: Segundo a Bíblia, Jesus ensinou que o adultério pode ocorrer até em pensamento (adultério em pensamento) (Mateus 5:27,28); a fim de tentarmos entender mais ou menos "o desejo homossexual", eu proponho a seguinte COMPARAÇÃO:   

57. Leia esta afirmação e responda às perguntas, a seguir: "Para um homem heterossexual que tenha uma vida sexual ativa com a esposa, embora possa ter um controle TOTAL do adultério corporal, obviamente, terá apenas um controle PARCIAL do "adultério mental".

(a) PERGUNTA: Para um homem heterossexual que se considera "filho de Deus" e que tenha uma vida sexual ativa com a esposa, responda (eu me incluo): Você tem um controle TOTAL do "adultério mental"? Você NUNCA comete "adultério mental"? SE comete, quantas vezes por ano, por semestre, por mês, por semana, por dia você comete "adultério mental"?

(b) PERGUNTA: Agora imagine que você (eu me incluo) e sua esposa tenham uns trinta anos de idade! Imagine que, aos trinta anos de idade, sua esposa, por motivo de doença ou acidente, não pudesse mais ter relações sexuais com você, durante todo o resto de sua vida! Diante dessa situação, você descartaria a possibilidade de se relacionar sexualmente com outra mulher? Você conseguiria passar mais de 30 anos de sua vida sem se relacionar sexualmente com uma mulher (adultério corporal)? Talvez até conseguiria, mas seria SUPER DIFÍCIL! MAS será que você conseguiria passar mais de 30 anos de sua vida sem sequer pensar em sexo com outra mulher (adultério mental) em NENUM momento? Para um homem sexualmente saudável, isso seria IMPOSSÍVEL!Ou para você seria possível? Reflita! 

58. CONCLUSÃO: De FORMA SEMELHANTE, assim como é IMPOSSÍVEL, para um heterossexual casado - sexualmente saudável - eliminar o "adultério mental", COMO se poderia imaginar que seria possível, para um homossexual, eliminar o "desejo homossexual"? Penso que - CASO A PESSOA QUEIRA - tais desejos podem até serem controlados, MAS nunca eliminados! 

59. CONCLUSÃO: Assim como seria SUPER DIFÍCIL, para um heterossexual - sexualmente saudável - passar mais de 30 anos de sua vida, SEM se relacionar sexualmente com outra mulher, uma vez que sua esposa, por motivos de doença ou acidente, não pudesse mais ter relações sexuais, DE FORMA SEMELHANTE, seria SUPER DIFÍCIL, para um homossexual, passar toda a sua vida sem se relacionar homossexualmente com alguém

 

É IMPOSSÍVEL DEIXAR O DESEJO HOMOSSEXUAL?

60. Embora haja pessoas que digam que é IMPOSSÍVEL um homossexual se tornar heterossexual, há pessoas que afirmam serem EX-HOMOSSEXUAIS! O que a CIÊNCIA diz sobre isso?

REFLEXÃO: Você conhece algum "ex-homossexual"? Tal pessoa (a) PAROU de ter o desejo homossexual, por completo (100%), ou (b) apenas parcialmente?

61. Mesmo que um homossexual "QUEIRA" deixar a PRÁTICA homossexual, COMO tal pessoa deixaria de ter o DESEJO homossexual? A Bíblia não fala sobre isso! COMO se pode dizer a alguém para PARAR de sentir o DESEJO homossexual, uma vez que tal pessoa NUNCA escolheu ter tal DESEJO?

62. Há quem diga que é possível deixar de ter o desejo homossexual e passar a ter "apenas' o desejo heterossexual, pois, para Deus, "nada" é impossível! De fato, a Bíblia diz que, para Deus, "nada" é impossível (Lucas 1:37 - Mateus 19:26), mas devemos considerar que, para o ser humano, há muitas coisas impossíveis (Mateus 19:26) e devemos considerar que há coisas, nas quais Deus "não" interfere (embora tenha poder de interferir), por exemplo: Para quem se considera "filho de Deus" (eu me incluo), quanto tempo você consegue ficar sem pecar: um ano, um semestre, um mês, uma semana, um dia? Por que você continua pecando? É impossível para você?    

 

O CASAMENTO HOMOSSEXUAL RELIGIOSO E CIVIL É POSSÍVEL?

63. Para responder a essa pergunta, devemos "considerar" que o TERMO "casamento" é utilizado tanto (a) em meio RELIGIOSO quanto (b) em meio NÃO RELIGIOSO! 

NO MEIO RELIGIOSO 

64. Em se tratanto de meio RELIGIOSO, vai depender de cada crença: na crença baseada "apenas" na Bíblia, o TERMO "casamento" refere-se apenas à união sexual entre homem e mulher; em crenças NÃO baseadas na Bíblia, certamente, o TERMO "casamento" também se refere à união sexual homossexual!    

65. Curiosamente, NEM existe base bíblica para a CERIMÔNIA DE CASAMENTO RELIGIOSO HETEROSSEXUAL (homem e mulher), NEM existe base bíblica para o CASAMENTO HETEROSSEXUAL EM CARTÓRIO (homem e mulher)! MAS a Bíblia fala sobre FESTA DE CASAMENTO (João 2:1-3)! Com isso, eu quero dizer que, na Bíblia, NÃO existe NENHUM mandamento dizendo que o casal tenha que fazer uma CERIMÔNIA RELIGIOSA DE CASAMENTO (nem proíbe), NÃO existe NENHUM mandamento dizendo que deve haver algum LÍDER RELIGIOSO realizando o casamento (nem proíbe), NÃO existe NENHUM mandamento dizendo que o casal tenha que fazer um CASAMENTO EM CARTÓRIO (nem proíbe), NÃO existe NENHUM mandamento dizendo que o casal tenha que usar anel de aliança (nem proíbe) e NÃO existe NENHUM mandamento dizendo que o casal tenha que fazer FESTA DE CASAMENTO (nem proíbe)!

66. O casamento, segundo a Bíblia, é "simplesmente" uma união sexual heterosexual com compromisso e amor, sem necessidade de fazer uma cerimônia religiosa, sem necessidade de registro em cartório! O padrão bíblico do casamento é: primeiro, o HOMEM deixa os pais e, depois, une-se, sexualmente, com sua MULHER (Efésios 5:31 - Mateus 19:4-6) com compromisso (Hebreus 13:4) e amor (Colossenses 3:19 - Efésios 5:25 - Efésios 5:28 - Efésios 5:33)(Tito 2:4).

NO MEIO NÃO RELIGIOSO

67. Em se tratando de meio NÃO religioso, o TERMO "casamento" é, por muitas pessoas, utilizado, referindo-se à união sexual homossexual, normalmente! 

68. O casamento em cartório é apenas um contrato de UNIÃO DE BENS! Se pegássemos a "certidão de casamento" e trocássemos o termo "casamento" por "sociedade", o contrato teria a mesma função! Imagine duas pessoas - sem sexo elvolvido - que quisessem ser sócios, a fim de adquirir bens juntos; caso um deles quisesse desfazer a "sociedade", seria necessário haver um contrato que garantisse a separação de bens!

 

O ADULTÉRIO É UM PECADO SOMENTE DE HETEROSSEXUAIS

69. Considerando que o "casamento bíblico" se refira "apenas" a um "relacionamento sexual heterossexual com amor e compromisso", assim sendo, conclui-se que (a) um relacionamento sexual homossexual, mesmo que haja amor e compromisso, NÃO se classifica como "casamento bíblico", uma vez que o aspecto externo (físico) não está de acordo com o padrão bíblico; (b) agora imagine um relacionamento sexual heterossexual, porém sem amor nem compromisso, ou seja, um casamento de fachada! Neste caso, o aspecto externo (físico) estaria compatível com o padrão bíblico, porém o aspecto interno (amor, compromisso) não! Mesmo assim, tal relacionamento seria considerado como um casamento bíblico? Reflita sobre isso! 

70. Considerando que um relacionamento sexual homossexual não é considerado como "casamento bíblico", conclui-se que o ADULTÉRIO seja um pecado "somente" de "heterossexuais", ou seja, um homossexual NUNCA cometerá "adultério"! Seria impossível um homossexual se casar, biblicamente falando, isto é, ter um "relacionamento sexual heterossexual com amor e compromisso", pois, mesmo que houvesse "amor e compromisso", o homossexual jamais teria "desejo sexual" pelo "cônjuge"! Mesmo assim, tal relacionamento seria considerado como um casamento bíblico? Reflita sobre isso!   

CONCLUSÃO 

Considerando que o "casamento bíblico" seja "apenas" entre homem e mulher, assim sendo, conclui-se que: 

(a) Casamento entre uma pessoa "bissexual" com alguém do sexo oposto é possível, pois há atração sexual. CONCLUI-SE que é possível que um bissexual cometa adultério. 

(b) Casamento entre uma pessoa "homossexual" com alguém do sexo oposto é IMPOSSÍVEL, pois NÃO há atração sexual. Seria um "casamento falso", um "casamento de fachada", uma "ilusão", uma "mentira", um "teatro", "hipocrisia" e, ASSIM sendo, é impossível que um homossexual cometa ADULTÉRIO. 

(c) Observa-se nisso que há um tipo de NIVELAMENTO entre heterossexuais e homossexuais, isto é, acabam ficando no mesmo NÍVEL, pois, (a) por um lado, é impossível que um heterossexual tenha desejo ou pratique a homossexualidade e, (b) por outro lado, é impossível que um homossexual cometa ADULTÉRIO. 

 

A QUESTÃO DA PENA DE MORTE

71. Para falarmos sobre esse assunto, faz uma GRANDE diferença, se refletirmos sobre o seguinte:

(a) A diferença entre Antigo Testamento e Novo Testamento;

(b) A cláusula da Lei registrada em NÚMEROS 15:30;

(c) Moisés ofereceu a própria vida pelos israelitas IDÓLATRAS;

(d) Deus perdoou o ADULTÉRIO e o ASSASSINATO de Davi.

Primeiramente, devemos considerar a diferença entre Antigo Testamento e Novo Testamento.

ANTIGO TESTAMENTO 

72. O Antigo Testamento registra uma quantidade enorme de mandamentos; só há registro da proibição da “prática” (não do desejo) homossexual “masculina” (não feminina) (Levítico 18:22); no Antigo Testamento, havia "pena de morte". SE “EU” vivesse naquela época e fosse um “juiz israelita”, para julgar casos de pena de morte, eu utilizaria, como fundamento, uma cláusula registrada em NÚMEROS 15:30, a qual serve para NÃO condenar NINGUÉM à pena de morte, exceto aqueles que pecassem, com a finalidade altiva/arrogante, para desafiar/provocar! Veja isso mais adiante.  

NOVO TESTAMENTO 

73. A grande maioria dos mandamentos que são do Antigo Testamento – inclusive a pena de morte – “não” faz parte da igreja do Novo Testamento; existe a possibilidade de os governantes (não a igreja) adotarem a pena de morte (Romanos 13:1-6), MAS a Igreja do Novo Testamento, em si, "não"; veja que, no Concílio (reunião) de Jerusalém (Atos 15:2-4), foi decidido que "nada" fosse exigido à Igreja Gentílica (não israelita), mas que apenas (a) "não" ingerissem alimentos, os quais se sabe que foram oferecidos a ídolos, (b) que não ingerissem sangue  "não" se trata de "transfusão de sangue"  (c) e que se abstivessem dos pecados sexuais (ATOS 15:28,29);

74. Depois, no restante do Novo Testamento, alguns mandamentos que eram do Antigo Testamento foram repetidos, tais como, (a) honrar pai e mãe (Efésios 6:2,3), (b) não roubar (Efésios 4:28), (c) não dar falso testemunho (Efésios 4:25), (d) não cobiçar (Efésios 5:3), (e) não idolatrar (Efésios 5:5) e (f) não praticar a feitiçaria (Gálatas 5:19 - Apocalipse 22:14,15), etc; 

75. No Novo Testamento, (a) pode-se comer de tudo (Colossenses 2:16,17 - 1Coríntios 10:25-27), exceto animal estrangulado, com seu sangue (Atos 15:20) e quando sabemos que determinado alimento foi oferecido a ídolos (Atos 15:20 - Atos 15:28,29 - 1Coríntios 10:28), (b) a guarda do sábado e de dias de festas "não" é mais algo obrigatório (Colossenses 2:16,17)(Romanos 14:5,6)  a Bíblia não diz que devemos guardar o domingo –, (c) "não" se deve mais circuncidar a pele do prepúcio (Gálatas 5:1-6 - Atos 15:1 - Atos 15:5,6 - Atos 15:10,11), (d) "não" se deve mais oferecer sacrifício de animais, a fim de cobrir os pecados (Hebreus 9:22), pois o sacrifício de Jesus Cristo (morte na cruz) é suficiente (Hebreus 9:12-14 - Hebreus 9:28) e (e) o mandamento da entrega dos dízimos é "impossível" de ser cumprido, pois, para que fosse cumprido, o israelita teria que viajar até Jerusalém e "comer" parte dos dízimos lá (Deuteronômio 14:22-26)(1Reis 14:21) e, a cada três anos, o israelita teria que deixar os dízimos em sua cidade, para alimentar os "levitas legítimos" e os necessitados, que na época eram estrangeiros, órfãos e viúvas (Deuteronômio 14:28,29), MAS, no Novo Testamento, o sacerdócio "não" é mais dos levitas (Hebreus 7:11,12) e, quanto aos necessitados, o apóstolo Paulo ensinou a fazermos "coletas", sem porcentagem específica (2Coríntios 9:7-9).

76. No Novo Testamento, há registro de que tanto a prática quanto o desejo homossexual é pecado e tanto a homossexualidade masculina quanto feminina é pecado (Romanos 1:24-27)  MAS devemos nos lembrar de que, segundo a Bíblia, TODOS nós somos pecadores (1João 1:8-10 - Romanos 3:23-26) , MAS “não” há pena de morte na igreja do Novo Testamento (igreja significa “grupo de pessoas”); segundo o ensino de Jesus, vemos que a pena de morte é inviável, pois JESUS disse que, com a mesma MEDIDA com que medirmos alguém, nós seremos medidos (Mateus 7:1-5 - Lucas 6:36-39) .

A CLÁUSULA DE NÚMEROS 15:30

77. Para sermos BEM específicos, o Antigo Testamento NÃO menciona a homossexualidade feminina; o Antigo Testamento fala sobre "homem deitando-se com outro homem, como se fosse mulher" (Levítico 18:22); A PRINCÍPIO, a PENA DE MORTE só poderia ser aplicada, SE no mínimo DUAS TESTEMUNHAS flagrassem o ato sexual(Deuteronômio 17:6 - Deuteronômio 19:15)! Quem cometesse ADULTÉRIO também poderia sofrer PENA DE MORTE, caso pelo menos DUAS TESTEMUNHAS flagrassem o ato sexual (DEUTERONÔMIO 17:6 - Deuteronômio 19:15). 

78. A falsa testemunha poderia sofrer PENA DE MORTE também! (a) Será que alguém se arriscaria em testemunhar algo, sem ter flagrado o ato sexual (Deuteronômio 19:16-19)? (b) Flagrar alguém em ato sexual é fácil? SE “EU” vivesse naquela época e fosse um “juiz israelita”, para julgar casos de pena de morte, eu utilizaria, como fundamento, uma cláusula registrada em NÚMEROS 15:30, a qual serve para NÃO condenar NINGUÉM à pena de morte, exceto aqueles que pecassem, com a finalidade altiva/arrogante, para desafiar/provocar! Veja isso a seguir:

79. Quando os israelitas fossem entrar na terra prometida (Números 15:18), eles teriam que seguir a LEI. Se eles se extraviassem (“SHAGAH” H7686) e NÃO praticassem (“ASAH” H6213) os mandamentos (Números 15:22), o procedimento seria o seguinte: 

(a) SE os mandamentos fossem descumpridos por “inadvertência" (“SHEGAGAH” H7684), teria que se oferecer sacrifício de animal pelo pecado (“CHATAAT” H2403) (Números 15:24) e os pecados seriam perdoados (“SALACH” H5545) (Números 15:25); 

(b) SE os mandamentos fossem descumpridos, com "mão altiva", ou seja, de forma altiva/arrogante (“desafiadora/provocativa”), eles teriam que sofrer pena de morte (Números 15:30).

80. REFLITA: Para que um juiz possa declarar alguém como culpado, é necessário enquadrar tal pessoa em alguma cláusula da LEI; SE “não” houver nenhuma cláusula para enquadrar, “não” há como culpar tal pessoa! CORRETO? Conforme dito anteriormente, em NÚMEROS 15:22-30, fala-se sobre dois grupos de pecados: (a) pecar, mas sem ter sido avisado antes de que tal ato fosse pecado (Números 15:24-27) e (b) pecar de forma "altiva/arrogante" (desafiadora/provocativa) e, neste caso, deveria haver pena de morte (Números 15:30). 

81. REFLITA: E se a pessoa pecasse já tendo sido avisada, porém, SEM que fosse de forma "altiva/arrogante" (desafiadora/provocativa)? Em qual cláusula da LEI tal pessoa se enquadraria? Em NENHUMA cláusula! CONCORDA? SE eu fosse um juiz israelita, eu entenderia que, SE a homossexualidade da pessoa "não" fosse, com a finalidade de ser "altivo/arrogante", para desafiar/provocar, ENTÃO "não" haveria como aplicar "pena de morte"! Eu também seria motivado por uma atitude que Moisés teve, o qual ofereceu a própria vida em favor dos israelitas IDÓLATRAS! Eu "não" estou dizendo que EU ofereceria a minha própria vida, mas eu seria "motivado" por essa atitude de Moisés e eu utilizaria o próprio recurso da LEI; Veja essa história mais adiante!

82. Reflexão: Para JESUS, o ADULTÉRIO ocorre até em pensamento (ADULTÉRIO MENTAL) (Mateus 5:27,28); SE hipoteticamente existissem TESTEMUNHAS que fossem capazes de FLAGRAR os pensamentos, TODOS os homens casados - e algumas ou muitas mulheres - sofreriam PENA DE MORTE e a humanidade estaria em extinção! Até as TESTEMUNHAS e os JUÍZES sofreriam PENA DE MORTE!

83. Existe algum homem casado que NUNCA cometeu adultério mental? Observe que JESUS criticava muito a HIPOCRISIA MAS, conforme dito anteriormente, na Igreja do Novo Testamento "não" há mandamento para aplicar pena de morte! 

RESUMO

(1) Assim que os israelitas chegassem à Terra Prometida, eles teriam que seguir a LEI (NÚMEROS 15:18-22). 

Quanto a PECADOS, observe essas duas cláusulas: 

(A) Caso a pessoa pecasse, sem antes ter sido avisada de que tal ato fosse pecado, tal pecado seria perdoado (NÚMEROS 15:24,25). 

(B) Caso a pessoa pecasse, de forma altiva/arrogante, para desafiar/provocar, tal pessoa sofreria pena de morte (NÚMEROS 15:30). 

(a) Imagine que duas testemunhas flagrassem uma relação sexual homossexual entre dois homens, MAS que fosse comprovado que eles “não” haviam sido previamente avisados de que tal ato fosse pecado, RESPONDA: Eles teriam que sofrer pena de morte? Resposta: Eu entendo que, segundo a cláusula em NÚMEROS 15:24,25, “não”. 

(b) Agora, imagine que duas testemunhas flagrassem uma relação sexual homossexual entre dois homens – sendo comprovado que eles já soubessem que tal ato fosse pecado – MAS que “também” fosse comprovado que eles “não” haviam agido, de forma altiva/arrogante, para desafiar/provocar, RESPONDA: Eles teriam que sofrer pena de morte? Resposta: Eu entendo que, segundo a cláusula em NÚMEROS 15:30, “não”.

 

A INTERCESSÃO DE MOISÉS PELOS ISRAELITAS IDÓLATRAS

84. A IDOLATRIA é uma ABOMINAÇÃO (Deuteronômio 7:25,26)! Quando Moisés estava falando com Deus, no monte Sinai (Êxodo 31:18), o povo israelita estava praticando IDOLATRIA (Êxodo 32:1); devido a isso, Deus disse a Moisés que iria “exterminar o povo” (Êxodo 32:10), MAS Moisés intercedeu a Deus pelo povo “idólatra” (Êxodo 32:11) e, com isso, Deus deu uma chance ao povo (Êxodo 32:14). 

85. Moisés desceu do monte e ordenou que quem fosse do Senhor que viesse até ele (até Moisés), mas NEM todos vieram (Êxodo 32:25,26); os que não vieram foram mortos (Êxodo 32:27,28); Moisés voltou para falar com Deus, pedindo que perdoasse a idolatria, oferecendo a própria vida, dizendo: “Perdoe os pecados deles, se não, risque-me do seu livro (Êxodo 32:30-32)”. Deus disse: “...qualquer um que pecar contra mim eu riscarei do meu livro (Êxodo 32:33)”; com isso, Deus feriu o povo idólatra que havia sobrevivido (Êxodo 32:35), mas “não” tirou a vida deles (Êxodo 33:1). 

86. Reflexão: Moisés "intercedeu" a Deus (Êxodo 32:11), oferecendo a própria vida (Êxodo 32:30-32) a favor dos israelitas IDÓLATRAS e, por isso, uma parte deles sobreviveu (Êxodo 33:1)!

Se Moisés “não” tivesse intercedido por aquele povo idólatra, será que teria sobrado algum israelita vivo?

Considerando que Moisés intercedeu por aqueles israelitas idólatras, para que não fossem exterminados, teriam os descendentes desses primeiros israelitas moral para “criticar” algum JUIZ que utilizasse argumentos da LEI, para livrar certos pecadores da pena de morte?

 

DEUS PERDOOU AS ABOMINAÇÕES DE DAVI  

87. O rei Davi cometeu ADULTÉRIO (2Samuel 11:2-5) o adultério é uma "abominação" (Jeremias 7:9,10)  e também cometeu ASSASSINATO, matando o marido da mulher, com quem adulterou (2Reis 11:14-17)  o assassinato é uma abominação (Deuteronômio 7:25,26) , MAS Deus "perdoou" os pecados de Davi (2Samuel 12:13).

88. Curiosamente, até no JUDAÍSMO, existe um relato, no TALMUD – estudo judaico antigo – de dois rabinos (TARFON e AKIBA) que "não" condenariam ninguém à pena de morte! O relato diz: “Um tribunal (sinédrio) que condena à morte a cada sete anos é considerado destrutivo. O rabino Eliezer diz: 'A cada setenta anos'. Os rabinos Tarfon e Akiba dizem: 'Se nós fôssemos membros de um tribunal (sinédrio), nenhuma pessoa sofreria pena de morte'.". (TALMUD; ordem: Nezikin; tratado: Maccot; página 7a). 

 

A IMPORTÂNCIA DO PERDÃO E DA MISERICÓRDIA 

89. TODOS nós somos “pecadores” (1João 1:8-10 – Romanos 3:23-26) e “não” devemos ser HIPÓCRITAS (Mateus 23:23-33); segundo a Bíblia, todos nós dependemos do perdão de Deus e tal perdão divino, para ser concedido por Deus, depende de que nós perdoemos às pessoas, pois Jesus nos ensinou a orar assim: "Pai, perdoe as nossas ofensas, assim como nós perdoamos as ofensas dos outros" (Mateus 6:12-15 - Lucas 6:37). Jesus disse que devemos ser misericordiosos, para que possamos ser tratados com misericórdia (Mateus 5:7 - Lucas 6:36,37 - Tiago 2:13)(Lucas 18:10-14);

90. Jesus disse que nós seremos JULGADOS com o mesmo julgamento com que nós julgarmos as pessoas (Mateus 7:1,2 - Lucas 6:37); Jesus disse que NÃO devemos CONDENAR as pessoas, para que nós não sejamos CONDENADOS (Lucas 6:37); Jesus disse que com A MESMA MEDIDA com que medirmos as pessoas, nós seremos MEDIDOS (Mateus 7:1-5 - Lucas 6:36-39). O amor é o elo da perfeição (Colossenses 3:14) e cobre multidões de pecados (1Pedro 4:8)! 

91. A "salvação" é (a) pelo FAVOR (graça) de Deus, (b) POR MEIO da FÉ (Efésios 2:8), MAS tem que ser uma FÉ VIVA, que é a FÉ com “boas obras, isto é, amor ao próximo (Tiago 2:14-17), ou FÉ VÁLIDA, que também é a FÉ com AMOR ao próximo (1Coríntios 13:2)! O FAVOR (graça) de Deus para a “salvação” é o “sacrifício de Cristo” (Colossenses 1:14 -Efésios 1:7 - Hebreus 9:11,12)(Colossenses 1:14 - Efésios 1:7 - Hebreus 9:11,12).

92. Pergunta: Mas isso não seria salvação por obras? Resposta: Não, pois, SE esse FAVOR (graça) “não” existisse, de nada adiantaria ter FÉ, MAS, uma vez que esse “favor/graça” existe, o único acesso a tal “favor/graça” é “por meio” da FÉ (Efésios 2:8), obviamente, uma FÉ vida, válida!

93. E quanto a quem pratica o “amor ao próximo”, mas que não acredita na existência de Deus, nem que Jesus Cristo tenha existido? Resposta: Temos que refletir! Veja que Deus é AMOR (1João 4:8)! Talvez a pessoa não consiga acreditar na existência de um Criador, nem que Jesus Cristo tenha existido, mas pode acreditar naquilo que Deus é, ou seja, no AMOR e pode acreditar nos ensinos de Jesus (amor, perdão, etc)! Será que tal ateu que acredita no AMOR não estaria acreditando em Deus, porém sem saber? Veja que o Filho do homem (Jesus Cristo) dirá: “bem-vindo” ao Reino, pois eu estava com fome e você me alimentou... (Mateus 25:34-10)”. E se essa pessoa que “amou” o Filho do homem for um “ateu”? O que você acha que Jesus lhe dirá: (a) seja bem-vindo ao Reino, ou (b) vá para o fogo? Essa questão fica em aberto!

94. CRER é o mesmo que TER FÉ, pois, nos manuscritos gregos, a palavra traduzida por "crer" é "PISTeuo (G4100)" e a palavra traduzida por "fé" é "PISTis (G4102)". O acesso à “salvação” é por meio da FÉ (CRER) (Efésios 2:8-10) em Jesus (João 3:16-18 – Atos 27:31) e em seu nome, recebendo-o (João 1:11,12); Considerando que o nome "Jesus (hebraico: Yeshua)" significa "SALVAÇÃO" (Mateus 1:21), entende-se que CRER no nome de Jesus (João 1:11,12) signifique “crer” na salvação (Mateus 1:21). Mas o que significa CRER (ter FÉ) em Jesus e em seu nome, recebendo-o: (1) significa "crer" que Jesus existe, ou (2) significa "crer" no que Jesus ensinava e crer na "salvação"? 

95. Devemos considerar que, no tempo e local em que Jesus vivia – e proximidades – todos já "criam" na existência de Jesus, mas nem todos "criam" no que Jesus ensinava, nem na salvação! Por isso, entende-se que “crer” em Jesus e em seu nome signifique “crer” naquilo que Jesus ensinava - amor (João 13:34,35 - Mateus 5:44), perdão (Mateus 6:12-15), misericórdia (Mateus 5:7 - Lucas 6:36,37), etc. - praticando (Tiago 1:22-25), e “crer” na salvação. 

96. Existem "promessas" para quem pratica o "amor ao próximo"! Veja a seguir:

(a) Quem AMA AO PRÓXIMO torna-se FILHO DE DEUS (Mateus 5:44,45).

(b) Quem AMA AO PRÓXIMO é quem RECEBE A CRISTO (o Filho do Homem) (Mateus 25:37-46); não adianta RECEBER a Cristo com a BOCA e rejeitá-lo com as ATITUDES (Mateus 7:21-23).

(c) Sem AMOR AO PRÓXIMO é impossível AMAR A DEUS (1Jõao 4:20,21 - 1João 3:17,18);

(d) Quem AMA AO PRÓXIMO passou da morte para a VIDA (1João 3:14);

(e) O AMOR é o elo da perfeição (Colossenses 3:14) e cobre multidões de pecados (1Pedro 4:8)! 

97. Veja como ser "ILUMINADO" (ISAÍAS 58:6-10).

(a) Sendo contra a injustiça, libertando os oprimidos; (b) Alimentando o faminto, abrigando o pobre desamparado, vestindo o nu, ajudando o próximo; (c) Eliminando a opressão, a acusação e a falsidade.

*Para quem se considera "filho de Deus", como eu, RESPONDA: Você consegue ter esse padrão de "iluminação"? Sejamos honestos! Se não fosse o FAVOR (graça) de Deus, o que seria de nós? Mas vamos tentando! 

98. Como estar na presença de Deus?

SALMOS 15:1-5: (1) quem caminha honestamente, (2) quem age corretamente, (3) quem fala a verdade (Salmos 15:2), (4) quem não sai com a língua (quem não fofoca), (5) quem não faz o mal ao próximo, (6) não coloca vergonha sobre o próximo (Salmos 15:3), (7) para quem desprezível a seus olhos é o perverso, (8) quem honra os que temem a Deus, (9) quem promete e não volta atrás (Salmos 15:4), (10) quem o dinheiro não empresta por lucro e (11) quem suborno contra um inocente não aceita (Salmos 15:5).

ISAÍAS 33:15,16: (1) quem anda corretamente, (2) quem fala o que é justo, (3) quem recusa o lucro injusto, (4) quem rejeita o suborno, (5) quem tapa os ouvidos para coisas sanguinárias e (6) quem fecha os olhos para a maldade (Isaías 33:15).

*Para quem se considera "filho de Deus", como eu, RESPONDA: Você consegue estar na presença de Deus? Sejamos honestos! Se não fosse o FAVOR (graça) de Deus, o que seria de nós? Mas vamos tentando! 

99. O que Deus procura em nós?

MIQUEIAS 6:8: O que Deus procura em nós é que (1) pratiquemos a JUSTIÇA (“MISHPAT” H4941), (2) o AMOR (“AHABAH” H160) (3) a BONDADE (“CHECED” H2617) e que (4) sejamos HUMILDES (“TSANA” H6800) ao andar com Deus.

*Para quem se considera "filho de Deus", como eu, RESPONDA: Será que Deus consegue encontrar em você aquilo que Ele (Deus) procura? Sejamos honestos! Se não fosse o FAVOR (graça) de Deus, o que seria de nós? Mas vamos tentando! 

 

A PESSOA ÍNTIMA  

100. Há quem entenda que Jesus não considerava a homossexualidade como pecado, pois, em LUCAS, fala-se sobre um servo ("doulos" G1401) de um centurião e este servo estava doente quase à morte e, para o centurião, este servo lhe era ÍNTIMO ("entimos" G1784) (Lucas 7:2) e Jesus curou o servo, sem mencionar nada sobre a homossexualidade (Lucas 7:2-10). MAS será que aquele servo era ÍNTIMO (a) sexualmente falando, ou (b) como amigos apenas? Será que, de acordo com o registro bíblico, faz sentido imaginar que Jesus fosse contra a LEI do Antigo Testamento (Mateus 5:17,18)? A função da LEI é mostrar o pecado, ninguém consegue ser justificado pela LEI! O fato é que Jesus era MISERICORDIOSO (Lucas 23:34) e criticava muito a HIPOCRISIA (Mateus 23:23-33)!    

101. Há quem entenda que é mais provável que esse servo fosse ÍNTIMO no sentido sexual, pois não faria sentido um centurião ter um servo íntimo como "amigo" apenas! O texto em si não define isso! Bem, a palavra grega ENTIMOS também ocorre em FILIPENSES, em que o apóstolo Paulo quis que Epafrodito (Filipenses 2:25) fosse recebido bem, no ÍNTIMO (com honra) (Filipenses 2:29); oura passagem diz que o Senhor (Jesus) é "pedra" escolhida e ÍNTIMA (preciosa) para Deus (1Pedro 2:4 - 1Pedro 2:6); em LUCAS, é dito que, quando alguém é convidado a uma "festa de casamento ("gamous" G1062)", não se deve se sentar no primeiro lugar, pois pode ser que alguém MAIS ÍNTIMO tenha sido convidado (Lucas 14:8).

 

 

Qual é o Termo Correto: Homossexualidade ou Homossexualismo? 

102. Alguns dizem que a terminação "ismo" tem um sentido "negativo", enquanto que a terminação "dade" tem um sentido "positivo", MAS, ao analisar algumas palavras, entende-se que a questão de "negativo" ou "positivo" NÃO está na "terminação da palavra", em si, mas sim "no significado da palavra", em si!
.

103. Veja, a seguir, (a) algumas palavras terminadas em "dade", porém com sentido negativo e (b) algumas palavras terminadas em "ismo", porém com sentido positivo! 

TERMINAÇÃO "DADE"

Enfermidade, obesidade, calosidade, oleosidade, deformidade, esterilidade, dificuldade, ansiedade, falsidade, ingenuidade, promiscuidade, maldade, crueldade, etc. 
 
TERMINAÇÃO "ISMO" 

Romantismo, companheirismo, heroísmo, altruísmo, turismo, paisagismo, positivismo, otimismo, realismo, atletismo, ciclismo, brilhantismo, eufemismo, etc.  

O Termo "Homofobia" é Correto? 

104. A palavra portuguesa "fobia" vem da palavra grega "phobia" que sIgnifica "MEDO" e, baseando-se nesse significado, entende-se que é INADEQUADO chamar "a violência verbal ou física" contra os homossexuais de "homofobia", pois NÃO se trata de "medo", mas sim de "crime"!   

 

O QUE A CIÊNCIA CONSEGUE FAZER?

105. PERGUNTA REFLEXIVA: Considerando que a medicina consegue fazer uma cirurgia transsexual, tirando o pênis e modelando uma vagina, tal medicina também conseguiria fazer com que uma pessoa que tem desejo homossexual, não sinta mais esse desejo, mas sim passe a sentir o desejo heterossexual? O que a ciência diz sobre isso? A ciência tem esse assunto como fechado?

 

Pergunta: Quanto à homossexualidade, eu sou a favor ou contra?

106. Quanto à pessoa – homossexual ou não – eu sou a favor. Quanto ao desejo e à prática homossexual ou heterossexual FILOSOFICAMENTE falando, eu sou NEUTRO – nem pró nem contra –, por DOIS MOTIVOS BÁSICOS: pois (1) o desejo é involuntário e (2) a prática é consensual. 

107. Eu não consigo ser pró nem contra algo que, humanamente, é impossível de mudar e que seja consensual, pois, SE eu fosse pró ou contra, seria um pró ou contra neutralizado, sem eficiência. Eu sou contra atos não consensuais, pois, mesmo que seja involuntário, humanamente, haveria a possibilidade de mudar (bloquear), defendendo-se.

108. RELIGIOSAMENTE falando, eu também sou NEUTRO, pois, além de (1) o desejo ser involuntário e de (2) a prática ser consensual, na Bíblia, com relação a pecados, eu também vejo a questão do (3) nivelamento e da (4) reciprocidade! Veja a seguir: 

(1) Involuntário, porque o homossexual – entendo eu – não escolhe ter o desejo homossexual, assim como um heterossexual não escolhe ter o desejo heterossexual; 

(2) Consensual, porque não envolve pessoas que não queiram; 

(3) Nivelado – religiosamente falando –, porque, segundo a Bíblia, todos nós somos pecadores.

(4) Recíproco – religiosamente falando –, porque, segundo a Bíblia, com a medida com que medirmos nós seremos medidos 

109. Religiosamente falando, segundo a Bíblia, Deus é contra todos os pecados, MAS perceba que Deus não impede que nós pequemos nesse corpo corruptível. Espiritualmente, Deus não leva os nossos pecados em consideração, pois Cristo já pagou o preço. Quando Deus nos ressuscitar, na ressurreição do corpo, teremos um corpo glorioso. 

 

finalizando: Eu tenho DOIS entendimentos: (1) um entendimento NÃO religioso e (2) um entendimento religioso:

(a) No meu entendimento NÃO religioso, eu NÃO me considero melhor do que um homossexual só porque eu sou heterossexual;

(b) No meu entendimento religioso, eu NÃO me considero menos pecador do que um homossexual só porque eu sou heterossexual.

 

Esse mesmo artigo e outros você pode encontrar no meu site: 

 

www.homossexualidadeeabiblia.comunidades.net