A Oração

A Oração


 A ORAÇÃO 

 

1. Devemos orar (1Tessalonissenses 5:17 – Efésios 6:18 – Mateus 26:41 – Romamos 12:12), MAS devemos estar cientes de que, SEM AMOR, NADA tem valor (1Coríntios 1:1-3), ou seja, é a oração do "justo" que pode muito em seus efeitos (Tiago 5:16), lembrando que uma pessoa justificada por Deus é a pessoa que reconhece que é um “pecador” e que precisa da “misericórdia” de Deus, praticando a “humildade” (Lucas 18:10-14); é importante relembrar que, na Bíblia, há passagens que relatam pessoas orando, mas que, mesmo assim, estavam sendo “reprovadas” por Deus, tais como: 

(a) Pessoas CLAMANDO (orando), mas, mesmo assim, sendo “reprovadas” por Deus (Isaías 58:9,10);

(b) Pessoas dizendo SENHOR, SENHOR (orando), mas, mesmo assim, sendo “reprovadas” por Deus (Mateus 7:21);

(c) Pessoas fazendo ORAÇÕES LONGAS, mas, mesmo assim, sendo “reprovadas” por Deus (Lucas 20:47)(Mateus 6:7);

2. É por isso que o PONTO-CHAVE é a “prática do AMOR ao próximo – amor verdadeiro”, pois, SEM AMOR, NADA tem valor (1Coríntios 13:1-3 - 1Pedro 1:22).

 

 

QUANTO TEMPO A NOSSA ORAÇÃO DEVE DURAR?

3. Pergunta: O que significa “orar sem cessar” (Tessalonicenses 5:17) e "orar sempre"(Lucas 18:1-7)?

(a) Significa orar, literalmente, 24 horas por dia, todos os dias?

(b) Significa entrar em um quarto – ou outro lugar – e orar meia hora – ou mais – todos os dias?

(c) Significa orar todos os dias (Mateus 6:11)(Mateus 6:9-15), sem definir quanto tempo a oração deve durar?

(d) Outro? 

4. Considere as duas situações:

(a) ORAÇÃO em momento específico de oração (em quartos ou em outro lugar);

(b) ORAÇÃO enquanto realizamos outras atividades (arrumando a casa, no trânsito, etc).

 

 

4. A Bíblia NÃO especifica quanto tempo a nossa oração deve durar; a nossa oração pode ser curta (Neemias 2:4-8 – 1Crônicas 4:10 – João 17:1-26 – 1Reis 18:36-38 – Daniel 9:3-27 – 1Reis 17:20-22 – Mateus 6:9-13 – 2Crônicas 1:7-11) ou longa (Mateus 26:40-45 – Lucas 6:12 – Deuteronômio 9:25,26 – 1 Samuel 1:12-15), MAS NÃO devemos, em uma mesma oração, usar repetições, pensando que é por muito falar que Deus vai nos ouvir (Mateus 6:7), NEM devemos ser exibicionistas (Lucas 20:47), MAS podemos “pedir a mesma coisa” todos os dias (Lucas 18:1-5 – Mateus 7:7); a “eficácia da Oração” tem a ver com amor sincero (não hipócrita) (Mateus 6:5-8 – 1Coríntios 13:1-3) e tem a ver com uma vida correta (sendo sal e luz) (Tiago 5:14-18 – Mateus 5:13-16).

 

COM QUE FREQUÊNCIA DEVEMOS ORAR?

5. A Bíblia diz que DEVEMOS "orar sem cessar" (1Ts 5:17), MAS isso NÃO significa que devemos, literalmente, entrar em um lugar específico, para orar 24 horas, por dia, todos os dias de nossa vida (Mt 6:6), NEM significa que devemos fazer "orações longas" "várias vezes por dia", MAS sim significa que devemos sempre estar em comunhão com Deus e orar todos os dias.  

 

QUAL DEVE SER A POSIÇÃO DO NOSSO CORPO AO ORAR?

6. A Bíblia NÃO especifica qual a posição correta do corpo ao orar; a Escritura relata orações com o corpo encurvado (Ne 8:6), ajoelhado (Dn 6:10), em pé (Lc 18:10-14)

 

COMO TER INTIMIDADE COM DEUS?

7. Ter Intimidade para com Deus NÃO significa necessariamente “viver grandes milagres”, pois existem pessoas que fazem “grandes sinais” (Mt 24:24), MAS são “falsos profetas” e que montam um “negócio” com as pessoas (2Pe 2:1-3), e para muitos dos que, em nome de Jesus, expulsam demônios, fazem milagres e profetizam, Jesus dirá que NÃO os conhece, ou seja, tais pessoas NÃO tem Intimidade para com Deus (Mt 7:22,23);

8. Ter Intimidade para com Deus NÃO significa necessariamente “cantar, tocar ou dançar para Deus”, pois Jesus disse que há pessoas que “louvam (engrandecem)” a Deus da boca para fora (Mc 7:6).  

9. Ter Intimidade para com Deus NÃO significa necessariamente “fazer orações longas”, pois Jesus disse que há pessoas que fazem orações longas, MAS que Deus NÃO se agrada (Mt 6:7 – Lc 20:47).

10. Ter Intimidade para com Deus NÃO significa necessariamente “fazer caridade”, pois NÃO adiantaria darmos TUDO para os pobres, sem amor (1Co 13:3 - Mt6:1-4), MAS quem NÃO ajuda ao necessitado, com amor, NÃO tem intimidade para com Deus e será lançado no Fogo Eterno (Mt 25:41-46);  

11. A ÚNICA maneira de termos “Intimidade (aproximação)” para com Deus é temendo a Deus (Sl 25:14), sendo verdadeiros (Pr 3:32), nos afastando da corrupção do mundo (Tg 1:27), buscando e pensando nas coisas do alto, NÃO nas “coisas terrenas” (Cl 3:1,2), fazendo a nossa “natureza terrena” morrer, tais como: prostituição, impureza, libertinagem, maldade e  avareza (Cl 3:5), abandonando o ódio, a maldade, o falar mal dos outros, a linguagem obscena, a mentira (Cl 3:8,9), nos revestindo de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de paciência, perdoando, sendo gratos, etc (Cl 3:12-16), obedecendo a Deus, "amando uns aos outros" (1Pe 1:22 - Jo 13:34,35 - 2Jo 1:4-6), ajudando ao necessitado, com amor (Tg 2:15,16 – Jo 3:17 – Mt 25:41-46 – 1Co 13:3), de acordo com as nossas possibilidades (1Jo 3:17 – 1Co 16:1-3 – 2Co 9:7), pois essa é a ÚNICA forma de "amarmos a Deus", pois, se NÃO amamos ao próximo, isso significa que NÃO amamos a Deus (1Jo 4:20,21), e Jesus dirá que NÃO nos conhece (Mt 7:22-23).

 

12. PERGUNTA: É correto dizer "Muita oração, muito poder; pouca oração, pouco poder"? 

PERGUNTA: A única maneira de nos protegermos das ciladas do diabo é com jejum e oração, mais especificamente, com orações de joelhos?

RESPOSTA: A Escritura NÃO ensina isso; de acordo com a Escritura, a ÚNICA MANEIRA de BUSCAR O PODER DE DEUS é NOS FORTALECENDO NO PODER DE DEUS (Ef 6:10), NOS REVESTINDO DA ARMADURA DE DEUS (Ef 6:13); a Escritura ensina que, para nos protegermos das ciladas do diabo, nós temos que "nos fortalecer no Poder de Deus” (Ef 6:10), da seguinte maneira: "vestindo a (revestindo-se da) ARMADURA DE DEUS (Ef 6:13)", que é composta das seguintes peças:

(a) Verdade (cinturão = cingindo-se) (Ef 6:14);

(b) Justiça (couraça) (Ef 6:14);

(c) Preparação do Evangelho da PAZ (calçado) (Ef 6:15), lembrando que a palavra "evangelho" significa "boa notícia" e, assim sendo, "evangelho da paz" significa "boa notícia da paz"; devemos nos lembrar que os PACIFICADORES serão chamados de filhos de Deus (Mt 5:9 - Tg 3:17,18);

(d) Fé (escudo) (Ef 6:16), lembrando que a Fé Viva é aquela acompanhada de Obras, que são a ajuda ao necessitado (Tg 2:14-17), com amor (1Co 13:3);

(e) Salvação (capacete) (Ef 6:16), lembrando que somos salvos, para praticar Boas Obras (Mt 5:16 - Ef 2:10 - Hb 10:24 - 2Co 9:8 - Tt 3:8 - Tt 2:7 - 1Tm 6:18 - 1Tm 5:10), e lembrando que conhecemos a árvore pelos frutos (Mt 7:15-24 - Jo 13:34,35).

(f) Palavra de Deus (espada) (Ef 6:17), ou seja, devemos conhecer a Escritura (Mt 22:29), devemos examinar a Escritura (At 17:10,11), a fim de não sermos enganados com outros ensinos (2Pe 2:1-3).

→ Tudo isso a fim de Estarmos Firmes contra as “ciladas do diabo” (Ef 6:11) e a fim de Estarmos Firmes no “dia mal” (Ef 6:11).

PERGUNTA REFLEXIVA: Você que quer buscar o poder de Deus:

(a) Você procura dizer a VERDADE (cinturão)?

(b) Você procura ser uma pessoa mais JUSTA (couraça)?

(c) Você procura ser uma pessoa PACÍFICA (calçado)?

(d) Você procura ser uma pessoa de FÉ COM OBRAS de AJUDA AO NECESSITADO (escudo)?

(e) Você apresenta FRUTOS de uma pessoa salva, ou seja, BOAS OBRAS (capacete)?

(e) Você procura EXAMINAR A ESCRITURA (espada), ou você acredita em tudo que lhe é ensinado e aceita tudo? 

 

BUSCAR A DEUS

→ O rei Davi orientou o povo de Israel a BUSCAR A DEUS e o seu poder (1Crônicas 16: 7-16 – Salmos 105:4) e, no Livro de Provérbios, é dito que "quem BUSCA A DEUS de madrugada" o ENCONTRARÁ (Provérbios 8:17) e, em Jeremias, é dito "Buscarão a mim (a Deus) e me acharão, quando me buscarem de todo coração" (Jeremias 29:13,14); MAS O QUE significa BUSCAR A DEUS?

→ BUSCAR a Deus NÃO significa ORAR, pelos seguintes motivos: 

(a) Buscar a Deus NÃO é o mesmo que ORAR (= clamar) (Isaías 58:9,10); 

(b) Buscar a Deus NÃO é o mesmo que ORAR (= dizer "Senhor, Senhor") (Mateus 7:21);  

(c) Buscar a Deus NÃO é o mesmo que ORAR, pois, SEM AMOR, NADA tem valor (1Coríntios 13:1-3 - 1Pedro 1:22);

(d) Há pessoas que fazem "orações longas", das quais Deus não se agrada (Mateus 6:7 – Lucas 20:47); 

(e) Sem amor, as orações são impedidas (1Pedro 3:7).

(f) Humilhar-se, orar, BUSCAR e converter-se são elementos diferentes (2Crõnicas 7:14); 

→ BUSCAR A DEUS significa Praticar o AMOR AO PRÓXIMO, pelos seguintes motivos: 

(a) Quem ama ao próximo, ENCONTRA a Jesus (Mateus 25:35-40); 

(b) A ÚNICA forma de amar a Deus é amando ao próximo (1João 4:20,21);

(c) Quem AMA AO PRÓXIMO passou da morte para a VIDA (1João 3:14).

COMENTÁRIO REFLEXIVO: Os servos de Deus oram, paralelamente, a outras atividades, tais como: conversar com Deus, dirigindo o carro, no escritório, durante uma aula/reunião/festa, caminhando na rua, etc; os servos de Deus também podem escolher um momento e um local ESPECÍFICO, para orar (Mateus 6:6) - uns têm a prática de orar (tempo e lugar específico) meia hora ou mais, por dia, MAS uns têm a prática de orar (tempo e lugar específico), APENAS, CINCO minutos, ou menos, por dia! 
 
(a) SE uma pessoa Pratica o AMOR AO PRÓXIMO e tem a prática de orar - tempo e lugar específico - meia hora ou mais por dia, tal pessoa está BUSCANDO A DEUS, pois o ENCONTRA (Mateus 25:35-40);
 
(b) SE uma pessoa Pratica o AMOR AO PRÓXIMO e tem a prática de orar - tempo e lugar específico - APENAS cinco MINUTOS, ou menos, por dia, MESMO ASSIM, tal pessoa está BUSCANDO A DEUS, pois o ENCONTRA (Mateus 25:35-40);

(c) SE uma pessoa NÃO AMA ao próximo, MESMO QUE tal pessoa tenha a prática de ORAR, DE JOELHOS - tempo e lugar específico - MEIA HORA OU MAIS, por dia, tal pessoa NÃO está BUSCANDO A DEUS (Isaías 58:9,10 - Mateus 7:21 - Mateus 6:7 – Lucas 20:47), pois, SEM AMOR, NADA tem valor (1Coríntios 13:1-3 - 1Pedro 1:22).

 

ORAR EM ESPÍRITO 

[1] No Novo Testamento, a expressão “orar em espírito” aparece três vezes (Judas 20 - Efésios 6:18 - 1Coríntios 14:15); Mas o que é “orar em espírito”? 

Resposta: De acordo com as passagens, entende-se que a “oração em espírito” é quando o “espírito da pessoa ora” (1Coríntios 14:14,15); é importante relembrar o seguinte: (a) algumas passagens mostram que o ser humano é composto por corpo, alma e espírito (1Tessalonicenses 5:23 – Hebreus 4:12 – Lucas 1:46,47), (b) o Espírito de Deus é o Espírito de Cristo e os servos de Deus têm o Espírito de Cristo (Romanos 8:9), (c) quem se une a Cristo é um só espírito com Cristo (1Coríntios 6:17) e (d) o Espírito de Deus (Espírito Santo) entra em contato com o espírito do servo de Deus (Romanos 8:14-16 – Romanos 8:26,27); 

[2] O apóstolo Paulo menciona (a) “oração (em) línguas”, (b) “oração em espírito” e (c) “oração com a mente” (1Coríntios 14:14-17); MAS “oração (em) línguas” é o MESMO que “oração em espírito”?

Resposta: Entende-se que “orar (em) línguas” NÃO seja o mesmo que “orar em espírito”, pelo seguinte: 

(a) Entende-se que “orar em espírito” seja possível para TODOS os servos de Deus, SEM exceção (Judas 20 - Efésios 6:18), MAS o “orar em línguas (falar com Deus em línguas)” NÃO é possível para todos os servos de Deus (1Coríntios 12:30 – 1Coríntios 12:10), pois, mesmo que o servo de Deus peça a Deus esse dom, é o Espírito Santo que concede esse dom (e os demais dons) a quem ELE quer (1Coríntios 12:11). 

(b) Quando o apóstolo Paulo fala sobre a “oração em línguas” junto com a “oração em espírito”, o PROBLEMA apresentado é a MENTE INFRUTÍFERA, que fica assim, por causa das “línguas SEM INTERPRETAÇÃO” (1Coríntios 14:13,14), MAS, quando o apóstolo Paulo apresenta a SOLUÇÃO DO PROBLEMA, ele passa a citar APENAS a “oração em espírito” junto com a “oração com a MENTE” – o apóstolo Paulo deixa de citar a “oração em línguas” – e a mesmo ensino é aplicado, quando a pessoa canta e bendiz (1Coríntios 14:15-17);

 

 

 

DEVEMOS PEDIR CONFIRMAÇÃO A DEUS SOBRE TUDO?